sábado, 12 de agosto de 2017

súbito

líria porto

assim de chofre
de supetão
(paixão não avisa)
cata-nos a alma
o pensamento
e do penhasco
ao precipício
é só um susto
um arrepio

(e como veio
some de vista)

*

Nenhum comentário:

dedicatória

nus descampados (im)puros
fiamos o plenilúnio

(líria porto)



*















quem tem pena de passarinho
é passarinho

(líria porto)

Arquivo do blog